Bovespa passa a cair nesta quinta, após renovar recorde no pregão anterior

Após passar a manhã perto da estabilidade, o principal índice da bolsa paulista passou a cair nesta quinta-feira (18), após renovar recordes na véspera e fechar acima dos 81 mil pontos.

Às 14h57, o Ibovespa recuava 0,21%, a 81.022 pontos.

No ano até o dia 15, o saldo de investimento estrangeiro na B3 acumula entrada líquida superior a R$ 4 bilhões, movimento que tem ajudado a levar o Ibovespa a máximas recordes.

"A forte entrada de recursos de investidores estrangeiros continua gerando o movimento, sendo que o volume financeiro médio desde o começo do ano tem girado numa faixa superior a R$ 8 bilhões, o que não é nada mal", escreveram os analistas da corretora Magliano, em nota a clientes, segundo a Reuters.

Ajudando a manter esse fluxo está a perspectiva de recuperação econômica no Brasil, aliada a uma ampla liquidez externa e uma visão também favorável para a economia mundial, destaca a agência.

Nesta sessão, dados da China ajudam a corroborar a visão favorável para o exterior. A economia do país asiático cresceu 6,8% no quarto trimestre, um pouco acima do esperado em pesquisa Reuters, de 6,7%.

Na véspera, o Ibovespa subiu 1,7%, aos 81.189 pontos. No ano, a bolsa já acumula alta de 6,27%. Nos 12 pregões de 2018, o índice fechou apenas três em baixa.