Aneel aprova reajuste tarifário de distribuidoras do interior e litoral paulista

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (16) um reajuste médio de 19,25% para os consumidores de energia atendidos pela CPFL Piratininga. O reajuste pode ser aplicado a partir do dia 23 de outubro.

A CPFL Piratininga atende 1,7 milhão de unidades consumidoras no interior e litoral de São Paulo, entre as cidades atendidas estão Santos, Sorocaba e Jundiaí.

O reajuste médio para os consumidores residenciais e comerciais, atendidos em baixa tensão, será de 18,70% e para os consumidores industriais, atendidos em alta tensão, o reajuste médio será de 20,18%.

EDP SP

A Aneel aprovou também um reajuste médio de 16,12% para as tarifas de energia da São Paulo Distribuição de Energia (EDP SP). O reajuste também pode ser aplicado a partir do dia 23 de outubro.

A EDP SP atende 28 cidades do interior de São Paulo nas regiões do Alto do Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte, entre elas Guarulhos e Pindamonhangaba. A empresa atende 1,9 milhão de unidades consumidoras.

O reajuste médio para consumidores residenciais e comerciais será de 15,13% e para os consumidores industriais o reajuste médio será de 17,84%.