Lei que proíbe transporte de cargas vivas é sancionada

A lei que proíbe o transporte de cargas vivas nas áreas urbanas e de extensão urbana de Santos foi sancionada na manhã desta quarta-feira (18), pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa, em solenidade no salão nobre Esmeraldo Tarquínio, na Prefeitura. O texto foi aprovado pela Câmara no mês passado.

De autoria do vereador Benedito Furtado (PSB), ele visa impedir o embarque de animais no Porto de Santos, ao proibir o acesso dessas cargas ao cais pela cidade. A atividade voltou a ocorrer em dezembro do ano passado, após 17 anos, com um carregamento de 27 mil bois.