Em audiência no Congresso, presidente do BC diz que PIB deve crescer 1,45% este ano

Apesar de previsão de queda do PIB no primeiro trimestre, Banco Central mantém confiança na retomada do crescimento econômico.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em audiência pública no Congresso Nacional, nesta quinta-feira (16), disse que o país deve retomar o crescimento econômico neste ano.

A instituição avalia que o PIB deve crescer 1,45% em 2019, contra um crescimento de 1,1% no ano passado.

Nessa quarta-feira (15), o Banco Central informou que o Produto Interno Bruto (PIB) apresentou queda de 0,68% nos primeiros três meses do ano, uma retração em relação ao mesmo período do ano passado.

Mas, para alavancar o crescimento, o presidente do banco cita o aumento da confiança empresarial, a tendência de recuperação gradual do investimento, a taxa básica de juros em seu mínimo histórico e a recuperação no mercado de crédito como os fatores que levariam ao crescimento ao longo de 2019.

Apesar do aumento no índice de confiança empresarial, Roberto Campos Neto argumenta que as incertezas em relação às reformas fiscais travam o investimento privado.

Aproveitando a fala do presidente do Banco Central, o deputado do partido Novo de Minas Gerais, Lucas Gonzales, pediu empenho na aprovação das mudanças na Previdência.

Já o deputado do PDT cearense, Mauro Benevides Filho, criticou a manutenção da taxa básica de juros aos 6,5% ao ano.

Para o deputado da oposição, a reforma da Previdência não irá permitir a retomada imediata do crescimento econômico.


Fonte: EBC